QUAIS OS TIPOS DE SUPORTE DE TI

QUAIS OS TIPOS DE SUPORTE DE TI

Como funciona uma consultoria em TI para pequenas empresas

A consultoria em TI para pequenas empresas funciona com o objetivo de resolver todos os problemas relacionados a área de TI. Para isso eles precisam entender o seu modelo de negócio, suas necessidades e os recursos necessários e a partir daí traçar estratégias relevantes para atender sua demanda.

Entre os trabalhos que uma consultoria em TI para pequenas empresas pode realizar estão:

Avaliar as atuais condições de trabalho de sua empresa;
Procurar melhores soluções e propor uso de novas tecnologias quando necessário;
Garantir que a produtividade de seus colaboradores esteja sempre em conformidade com sua infraestrutura de TI;
Analisar, diagnosticar e resolver quaisquer problemas relacionados a sua infraestrutura de TI, através de um suporte rápido e eficiente;
Garantir que sua infraestrutura de TI funcione 24 horas por dias, 7 dias por semana de forma que sua empresa não tenha seus serviços interrompidos por conta de problemas;
Acompanhamento sistemático de todo funcionamento de TI de sua empresa.

SUPORTE DE TI – PRESENCIAL
Quando falamos em suporte de TI, é importante ressaltar que esse serviço pode ser ofertado detrês maneiras diferentes: suporte presencial, remoto e de campo. Agora pode surgir a dúvida: “Qual tipo de serviço devo contratar?” Calma. Após a escolha do seu parceiro ideal de TI, você receberá uma avaliação do tipo de serviço mais adequado para as suas necessidades. Porém, para responder a esta pergunta, separamos alguns pontos para ajudá-lo a entender qual tipo de suporte sua empresa se encaixa.

Vamos começar pelo suporte presencial. Neste tipo de serviço, um profissional de TI altamente qualificado trabalhará com exclusividade para a sua empresa, tendo um maior entendimento das necessidades do ambiente e de sua estrutura, além de mais rapidez para sanar problemas. Ele é indicado para empresas de médio/grande porte que já possuem uma estrutura de TI ou um volume de chamados/mês. A escolha de profissionais especializados é fundamental para sua empresa, pois se trata do seu bem mais precioso: suas informações! Você também terá apoio em todas as decisões sobre TI, além de monitoramento e acompanhamento dos processos e ferramentas.

OS TIPO DE SUPORTE

SUPORTE DE CAMPO
O atendimento no campo é direcionado para a solução de problemas médios a complexos, que demandam a visita de um profissional de forma esporádica. Geralmente, são falhas físicas como nos cabos de rede, contaminação por vírus, uma máquina que não liga, entre outros. O suporte de campo também pode ser solicitado como uma forma de manutenção geral, na qual o técnico visita seu negócio para um check-up das máquinas. O serviço é indicado para pequenas e médias empresas, que possuem um quadro enxuto de colaboradores e uma estrutura de TI mais enxuta.

SUPORTE REMOTO
O serviço de Suporte Remoto é indicado para situações mais simples. Normalmente, para empresas de pequeno porte, que exigem uma ajuda que não exerce grandes complicações. Esse atendimento consiste em disponibilizar profissionais de TI que, por meio de software de compartilhamento, acessam a máquina afetada para avaliar e resolver situações simples, como problemas de e-mail, impressora, lentidão da máquina, entre outros. É uma solução rápida, eficaz e de baixo custo. Ideal para empresas que não contam com um setor específico para a área de TI.

NÍVEIS DE ATENDIMENTO – SUPORTE N1, N2 E N3
Para ficar mais claro o suporte técnico de TI que sua empresa precisa, é muito comum que o mercado e as próprias companhias determinem um quadro com níveis próprios de atendimento. Esses níveis são utilizados conforme as demandas e geralmente são divididos em nível um, dois e três.

NÍVEL 1 – HELP DESK:
O número um é o primeiro contato com o suporte, que pode ser realizado por e-mail, chat ou telefone. Se a demanda for simples, o problema é logo resolvido sem passar para os demais níveis. É responsável pelo atendimento e registro de todas as solicitações, direcionando os chamados para o nível superior. Indicado para problemas de baixa complexidade, como configurações de e-mail, impressora e internet, com pequenas alterações no hardware ou software que podem ser facilmente feitas pelo cliente.

NÍVEL 2 – SERVICE DESK:
O nível 2 é destinado a questões mais técnicas e aprofundadas como falha de software, rede ou hardware. Responsável por todos os chamados encaminhados pelo primeiro nível. O atendimento pode ser telefônico ou online, mas também pode ser em campo, e abrange questões mais complexas. É a solução mais eficaz para falhas de segurança, em servidores ou funcionamento que possam comprometer o andamento da empresa. Se não conseguir resolver a demanda, aciona o Nível 3.

NÍVEL 3: REDES/SEGURANÇA:
Analisa problemas mais relacionados a dados e servidores. É composto por profissionais especializados em segmentos específicos, atendendo todas os problemas não-solucionados pelo primeiro e segundo nível. Aqui, cada um dos especialistas fará testes com o caso, verificando soluções inovadoras do mercado e, se necessário, criando uma ferramenta exclusiva e personalizada para que sua empresa solucione tal demanda.

QUAIS OS TIPOS DE SUPORTE DE TI

SUPORTE DE TI – PRESENCIAL
Quando falamos em suporte de TI, é importante ressaltar que esse serviço pode ser ofertado detrês maneiras diferentes: suporte presencial, remoto e de campo. Agora pode surgir a dúvida: “Qual tipo de serviço devo contratar?” Calma. Após a escolha do seu parceiro ideal de TI, você receberá uma avaliação do tipo de serviço mais adequado para as suas necessidades. Porém, para responder a esta pergunta, separamos alguns pontos para ajudá-lo a entender qual tipo de suporte sua empresa se encaixa.

Vamos começar pelo suporte presencial. Neste tipo de serviço, um profissional de TI altamente qualificado trabalhará com exclusividade para a sua empresa, tendo um maior entendimento das necessidades do ambiente e de sua estrutura, além de mais rapidez para sanar problemas. Ele é indicado para empresas de médio/grande porte que já possuem uma estrutura de TI ou um volume de chamados/mês. A escolha de profissionais especializados é fundamental para sua empresa, pois se trata do seu bem mais precioso: suas informações! Você também terá apoio em todas as decisões sobre TI, além de monitoramento e acompanhamento dos processos e ferramentas.

SUPORTE DE CAMPO
O atendimento no campo é direcionado para a solução de problemas médios a complexos, que demandam a visita de um profissional de forma esporádica. Geralmente, são falhas físicas como nos cabos de rede, contaminação por vírus, uma máquina que não liga, entre outros. O suporte de campo também pode ser solicitado como uma forma de manutenção geral, na qual o técnico visita seu negócio para um check-up das máquinas. O serviço é indicado para pequenas e médias empresas, que possuem um quadro enxuto de colaboradores e uma estrutura de TI mais enxuta.

SUPORTE REMOTO
O serviço de Suporte Remoto é indicado para situações mais simples. Normalmente, para empresas de pequeno porte, que exigem uma ajuda que não exerce grandes complicações. Esse atendimento consiste em disponibilizar profissionais de TI que, por meio de software de compartilhamento, acessam a máquina afetada para avaliar e resolver situações simples, como problemas de e-mail, impressora, lentidão da máquina, entre outros. É uma solução rápida, eficaz e de baixo custo. Ideal para empresas que não contam com um setor específico para a área de TI.

NÍVEIS DE ATENDIMENTO – SUPORTE N1, N2 E N3
Para ficar mais claro o suporte técnico de TI que sua empresa precisa, é muito comum que o mercado e as próprias companhias determinem um quadro com níveis próprios de atendimento. Esses níveis são utilizados conforme as demandas e geralmente são divididos em nível um, dois e três.

NÍVEL 1 – HELP DESK:
O número um é o primeiro contato com o suporte, que pode ser realizado por e-mail, chat ou telefone. Se a demanda for simples, o problema é logo resolvido sem passar para os demais níveis. É responsável pelo atendimento e registro de todas as solicitações, direcionando os chamados para o nível superior. Indicado para problemas de baixa complexidade, como configurações de e-mail, impressora e internet, com pequenas alterações no hardware ou software que podem ser facilmente feitas pelo cliente.

NÍVEL 2 – SERVICE DESK:
O nível 2 é destinado a questões mais técnicas e aprofundadas como falha de software, rede ou hardware. Responsável por todos os chamados encaminhados pelo primeiro nível. O atendimento pode ser telefônico ou online, mas também pode ser em campo, e abrange questões mais complexas. É a solução mais eficaz para falhas de segurança, em servidores ou funcionamento que possam comprometer o andamento da empresa. Se não conseguir resolver a demanda, aciona o Nível 3.

NÍVEL 3: REDES/SEGURANÇA:
Analisa problemas mais relacionados a dados e servidores. É composto por profissionais especializados em segmentos específicos, atendendo todas os problemas não-solucionados pelo primeiro e segundo nível. Aqui, cada um dos especialistas fará testes com o caso, verificando soluções inovadoras do mercado e, se necessário, criando uma ferramenta exclusiva e personalizada para que sua empresa solucione tal demanda.

palavras chave:

serviço de suporte ti
serviço na area de ti
serviço de ti
serviço empresa de ti
gerenciamento de serviço em ti
serviço de infraestrutura de ti
serviço de ti para emppresas
governança e serviço de ti
gestao e serviço de ti
gestao de serviço de ti
serviço de ti online
serviço soluções em ti
serviço em ti rio de janeiro
serviço remoto na area de ti
empresa de serviço de ti remota
empresa de serviço de ti presencial
soluções em ti
service desk ti
helpdesk ti
serviços de ti para pequenas empresas
terceirização de serviços de ti
prestação de serviços de ti
ti terceirizado
consultoria e soluções em ti
serviços de suporte de ti
assistencia ti
suporte ti remoto


Deixe uma resposta

0