Monitoramento de rede: como acompanhar seu crescente volume de dados de rede

Monitoramento de rede: como acompanhar seu crescente volume de dados de rede

Gerenciar a sobrecarga de informações com eficiência sempre foi um desafio. No passado, pode ter sido mais simples, mas o que sempre foi e continua sendo crucial é: comparar expectativas e resultados.

Em 1903, Orville Wright assistiu do solo quando seu irmão mais velho Wilbur decolou pela primeira vez em uma máquina mais pesada que o ar. Foi uma ocasião importante que marcou o culminar de anos de engenharia, solução de problemas e adaptação. Eles haviam feito o trabalho, observando e notando diferenças conforme ajustavam as asas em túneis de vento para obter sustentação e controle mecânico ideais.

Embora bastante sofisticados para sua época, os esforços de gerenciamento de informações dos Wrights podem agora ser considerados brincadeira de criança em comparação com o que é necessário na era digital. Hoje, é preciso muito mais do que um par de olhos, um lápis e um caderno para ver e monitorar o que está acontecendo na cibersfera; é preciso ferramentas de visualização poderosas, experiência em sistemas de TI e monitoramento incessante.

A Definição Básica de Monitoramento de Rede

Os sistemas de monitoramento de rede informam sobre o desempenho de uma rede durante as operações normais e se concentram em manter a disponibilidade e melhorar o desempenho dos principais componentes – por exemplo, roteadores, switches, firewalls. Eles observam métricas como taxa de transferência de dados, uso de largura de banda, taxas de erro, tempo de inatividade, tempo de atividade e tempos de resposta, sempre à procura de interrupções ou outros problemas críticos. Se um determinado limite for atingido ou os dispositivos estiverem lentos ou com falha, eles podem acionar alarmes para notificar os administradores do sistema e iniciar os processos de gerenciamento de falhas da rede.

É um grande trabalho e, infelizmente, um que está se tornando ainda maior e mais difícil de gerenciar no mundo interconectado de ambientes on-premises, na nuvem, móveis e virtuais de hoje. À medida que os volumes de dados aumentam, também aumenta a complexidade da rede. Os sistemas de monitoramento de rede geralmente lutam para otimizar o fluxo e o acesso de dados; e, por sua vez, os administradores de rede lutam para manter e garantir a disponibilidade e o desempenho de aplicativos críticos de negócios e serviços de TI.

Alguma coisa tem que mudar. As empresas precisam encontrar uma maneira de se adaptar ao crescimento explosivo de dados – não apenas para garantir que as velocidades da rede permaneçam ótimas e a latência do aplicativo seja minimizada, mas que os problemas de desempenho sejam identificados e resolvidos com rapidez, facilidade e antes que possam afetar negativamente os negócios.

Como melhorar o monitoramento de rede com visibilidade de rede

A Gigamon não fornece soluções de monitoramento de desempenho de rede (NPM) ou monitoramento de desempenho de aplicativos (APM); no entanto, fornecemos uma solução de visibilidade de rede que reduz a complexidade e aumenta a eficiência das ferramentas de monitoramento de rede, permitindo visibilidade e gerenciamento completos e consistentes de dados de rede em todos os ambientes. Em outras palavras, ele permite que suas ferramentas de monitoramento de rede acompanhem seu crescente volume de dados de rede e ameaças potenciais.

Visibilidade e segurança da rede – o novo imperativo

Como aconselha a empresa de pesquisa do setor Gartner, Inc., a adaptação contínua é fundamental. Por todas as oportunidades que o mundo digital traz, também traz riscos. Para equilibrar os dois – abraçar o bom enquanto gerencia o ruim, que são as ameaças em potencial – o Gartner recomenda a adoção de uma abordagem de avaliação de risco e confiança adaptativa contínua ( CARTA).

E o que está no centro de uma abordagem estratégica CARTA ? Visibilidade. Se você não pode vê-lo, você não pode gerenciá-lo ou protegê-lo – o que faz todo o sentido.

A abordagem CARTA reconhece que a infraestrutura de negócios digital – ahem, “a rede” – está em um estado de fluxo constante e que o monitoramento contínuo gerará mais dados do que os administradores de rede são capazes de lidar. Por esse motivo, a visibilidade em tempo real de sistemas, serviços e ativos é fundamental. É uma abordagem que vai além do monitoramento passivo e dá suporte à ação – conforme necessário, de forma automatizada e com base na análise comportamental ao longo do tempo para avaliar o risco e a confiança.

Em vez de confiar apenas em técnicas preventivas, os administradores de rede e suas equipes de operações de segurança (SecOps) agora podem aproveitar a visibilidade contextual e contínua para permitir ferramentas múltiplas e variadas – de NPMs e APMs a ferramentas de detecção, contenção e análise preditiva – para supervisionar e proteger mais de sua infraestrutura.

À medida que sua infraestrutura de rede e segurança evolui com seus negócios, considere como seus recursos de monitoramento, análise e inspeção também devem evoluir. A visibilidade contínua certamente beneficiará esses esforços de transformação e sua estratégia de monitoramento de rede em geral.

Deixe uma resposta

0